SIGA-NOS:

O QUE POSSO FAZER HOJE?

Exposição “De Paços do Concelho a Museu - a História de um Edifício”
A exposição tem inauguração prevista para o dia 31 de maio, às 18h30, e tem como protagonista o Edifício do Museu, cuja história remonta à sua construção no início do século XIX, para ser a sede administrativa do Concelho, passando depois às suas várias ocupações ao longo dos anos.

Numa experiência imersiva, será possível ao visitante viajar no tempo percorrendo as datas e momentos mais marcantes do outrora edifício sede de Paços de Concelho. A Exposição estará patente até 31 de maio de 2026.
 25/06
Peça do mês de junho 2024 - Bandeira do Município de 1830 a 1910
A bandeira de um país simboliza o seu povo e a sua história. Ao longo do tempo, esse símbolo foi alvo de alterações, fruto dos diversos acontecimentos históricos que marcaram o país.

A última alteração que ocorreu durante a Monarquia foi com a implantação do liberalismo, mais concretamente desde 18 de outubro de 1830, passando a bandeira a ostentar as cores azul e branca, com o escudo das armas reais sobre a divisão das cores adotadas pelos liberais. Assim se manteve até à República em 1910, que trouxe a última alteração, mudando-se as cores e os símbolos, de forma a eliminar qualquer elemento alusivo à Monarquia. A Bandeira do Município aqui exposta resulta deste enquadramento entre as cores da Monarquia Liberal e as armas do Concelho


Este objeto faz parte do espólio da Câmara Municipal da Maia em exposição no Museu de História e Etnologia da Terra da Maia, inserido na exposição “De Paços do Concelho a Museu- a História de um Edifício”.
 25/06
Exposição de Fotografia - “Mobile Photography”
O Maia Welcome Center recebe a Exposição de fotografia “Mobile Photography” de:

Sérgio Carvalho

"Nasci em 1982 na Cidade do Porto e é onde tenho desenvolvido a maioria do meu trabalho. Iniciei esta caminhada em junho de 2020 por hobby, onde o objetivo seria partilhar a minha cidade. Apaixonado por fotografia, quis desenvolver o conceito de MobilePhotographer.

A importância de saber um pouco mais é sinónimo de crescimento! Hoje, somos muito daquilo que os nossos smartphones guardam na sua memória.

Esta exposição que vos apresento é o reflexo disso mesmo."


A inauguração está agendada para o dia 8 de junho, às 15h00.
 25/06
Exposição “Croché da avó nas varandas da Casa do Corim”
A valorização das artes e ofícios tradicionais podem ser encarados como uma vertente de sustentabilidade do património através da preservação de uma arte secular.

A arte de fazer croché junta as agulhas e linhas dando forma a belíssimas colchas que num conhecimento de partilha coletivo terão em si também histórias entrelaçadas.

Estas colchas embelezarão as 11 varandas da Casa do Corim vestindo-as de cor e tradição.

O envolvimento de 11 IPSS - Instituições Particulares de Solidariedade Social - dos Municípios Associados da LIPOR, torna esta atividade num projeto comunitário, tornando a Casa do Corim na embaixada do croché por dois meses.

Uma visita guiada e documentada será realizada no dia 15 de junho entre as 16h00 e as 17h00.
 25/06
Exposição "Ferus Mentis" de Simão Da Silva
“Ferus Mentis”, representa o culminar de uma reflexão pessoal do artista Simão Da Silva acerca do combate entre o inconsciente e o consciente, entre a verdade e a mentira.

Apresentando trabalhos realizados entre 2022 e 2024, a obra de Simão Da Silva procura fundir elementos do expressionismo, surrealismo, da arte figurativa numa busca pela expressão livre, em bruto, que desafia a consciência moral do observador.
 25/06